Instituto Zoobotânico de Morro Azul

...atuando na preservação do meio ambiente

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Programação do II Simpósio de Pesquisa na Mata Atlântica 2012

E-mail Imprimir PDF
AddThis Social Bookmark Button

Programação do Simpósio

Acesse aqui as normas do Evento

Logomarcas do Simpósio para download

Parceiros


Baixe a programação em PDF

Local : IFRJ – Campus Avançado de Eng. Paulo de Frontin, RJ (acesso RJ 121 km 15 - Est Miguel Pereira – Vassouras)

Data 07/07/2012 (sábado)


8h às 9h – Recepção: credenciamento, entrega de material e fixação de painéis. (hall de entrada -térreo)
Café da manhã (2 º piso)

9h10 as 9h40 – (auditório - 2 º piso) Abertura – Palavra do Diretor Presidente do IZMA – Palavra de autoridade presente

9h45 as 10h20 - Palestra do Prof. Dr. Cleber Barreto Espíndola, Doutor em Ciências -UFRJ. Vice Coordenador do Curso de Mestrado em Ciências Ambientais da USS

  • Título: “O uso dos estudos em ecologia como ferramenta para a conservação da biodiversidade do Bioma Mata Atlântica"

10h25 às 10h40 – Respostas às perguntas previamente inscritas (interação público – palestrante)

10h45 às 10h50 – Composição de mesa moderadora: Comissão Científica e convidados

10h50 às 11h25 – Apresentação oral dos quatro trabalhos selecionados. Moderador: Prof. Dr Marcelo Guerra Santos- FFP-UERJ

11h25 as 11h40 – Interação c/ público: respostas às perguntas previamente inscritas .

11h40 às 11h50 – Comentários da Mesa Moderadora

11h50 às 11h55 – Entrega dos certificados aos autores dos trabalhos selecionados

12h  às 13h30  – almoço (Transporte para a Escola Municipal Joaquim Mendes em Morro Azul – Rua Eliza Mendes Morro Azul - Centro)

13h35 às 14h40 – Exposição de painéis dos trabalhos inscritos -Salão de Vidro - térreo

14h40 às 14h50 – Entrega dos certificados aos autores dos trabalhos expostos nos painéis- salão de vidro-térreo

14h55 às 15h - Auditório (2o. Andar) Composição da Mesa Redonda 15h05 às 15h55

Tema: Discussões sobre sustentabilidade: ciência e sociedade,  projetos e soluções

  • Moderador: Profa. MSc Maria Cristina Ferreira dos Santos – FFP- UERJ
  • Prof. Dr. William Costa Rodrigues – USS “Insetos como Bioindicadores de Qualidade Ambiental”
  • Prof. Dr. Marcelo Guerra Santos – FFP-UERJ
  • Prof. MSc. Vitor Ferreira de Souza -Instituto Pé de Planta
  • Prof. Dr. Ricardo José Bottecchia - USS

16h às 16h20 -  Interação c/ público- (respostas às perguntas previamente inscritas)

16h20 as 16h50 - Encerramento – Entrega dos certificados dos Palestrantes, Comissão Científica e Organizadora

17h as 17h30 – Entrega dos certificados dos ouvintes e expositores (no hall de entrada - térreo)


OFICINAS OFERECIDAS

Horário: 10h as 11h30 e 13h30 às 14h30

Local: Espaço anexo no pátio de entrada (refeitório) na segunda sala

1. OFICINA: PREPARO CASEIRO DE CHÁS COM PLANTAS MEDICINAIS

Coordenadores: Maria Cristina Ferreira dos Santos e Luiz José Soares Pinto (Professores, DCIEN/FFP/UERJ)

Equipe: Isabela Nogueira da Silva, Natália de Oliveira, Lívia Guarany Vieira (Estudantes do Curso de Ciências Biológicas, FFP/UERJ).

A utilização de plantas medicinais é prática tradicional existente entre os povos de todo o mundo e incentivada pela OMS. No Brasil a maioria da população usa produtos de origem natural, principalmente plantas medicinais, como fonte de recurso terapêutico. A oferta de uma oficina sobre preparo e uso de plantas medicinais tem o objetivo de explicar os cuidados que devem ser considerados em relação ao plantio, secagem, armazenamento, preparo e uso de plantas medicinais pela população. Esta oficina faz parte do Projeto “Plantas Medicinais e Tóxicas no Rio de Janeiro“ desenvolvido pela FFP/UERJ e visa à difusão de conhecimentos científicos com o objetivo de conscientizar a população sobre o uso correto das plantas medicinais, a importância da determinação botânica, as formas de preparo e partes a serem utilizadas das plantas, as indicações terapêuticas e riscos de intoxicações.

2. BA-Be-BioMar: Macroinvertebrados Dulciaquícolas e a Educação Ambiental"

Prof. Dra, Vania Filippi Goulart Carvalho Pereira - Universidade Severino Sombra - CECETEN - Laboratório de Estudos Biológicos e Ambientais

Discentes : Gabriela Delgado Pereira, Mariana Marques Martins, Francyelle Rogério Francisco, Glauciane de Oliveira Souza, Samara Maccedo Pinto, Ingrid Larissa Barbosa

Horário : 10h as 12h

Local : Espaço anexo no pátio de entrada (refeitório) na primeira sala

CONTEÚDO:

  1. As nascentes e sua importância
  2. A importância da mata ciliar
  3. Caracterização dos rios
  4. Tipos de poluição
  5. Observação e identificação de macroinvertebrados de água doce
  6. Importância dos espécimes no ecossistema

PROCEDIMENTOS:

Conteúdos 1, 2, 3 e 4 serão apresentados na forma de palestra (uma hora)

Conteúdos 5 e 6 serão apresentados na forma de oficina para observação e identificação dos macroinvertebrados encontrados no rio do IZMA (uma hora).

OBJETIVOS

Proporcionar à comunidade o conhecimento do ecossistema dulciaquícola a fim de contribuir para uma maior responsabilidade das pessoas, individual e coletivamente, para com a vida de seu município e, consequentemente, com os impactos que incidem sobre a vida aquática, utilizando espécimes desconhecidas da maioria da população.





PROGRAMAÇÃO

Local : IFRJ – Campus Avançado de Eng. Paulo de Frontin, RJ (acesso RJ 121 km 15 - Est Miguel Pereira – Vassouras)

Data 07/07/2012 (sábado)

 

8h às 9h – Recepção: credenciamento, entrega de material e fixação de painéis. (hall de entrada -térreo)

Café da manhã (2 º piso)

9h10 as 9h40 – (auditório - 2 º piso) Abertura – Palavra do Diretor Presidente do IZMA – Palavra de autoridade presente

9h45 as 10h20 - Palestra do Prof. Dr. Cleber Barreto Espíndola, Doutor em Ciências -UFRJ. Vice Coordenador do Curso de Mestrado em Ciências Ambientais da USS

Título: “O uso dos estudos em ecologia como ferramenta para a conservação da biodiversidade do Bioma Mata Atlântica"

 

10h25 às 10h40 – Respostas às perguntas previamente inscritas

(interação público – palestrante)

 

10h45 às 10h50- Composição de mesa moderadora: Comissão Científica e convidados

10h50 às 11h25 - Apresentação oral dos quatro trabalhos selecionados. Moderador: Prof. Dr Marcelo Guerra Santos- FFP-UERJ

 

11h25 as 11h40– Interação c/ público: respostas às perguntas previamente inscritas .

11h40 às 11h50- Comentários da Mesa Moderadora

11h50 às 11h55 – Entrega dos certificados aos autores dos trabalhos selecionados

12h  às 13h30  – almoço (Transporte para a Escola Municipal Joaquim Mendes em Morro Azul – Rua Eliza Mendes Morro Azul - Centro)

13h35 às 14h40 – Exposição de painéis dos trabalhos inscritos -Salão de Vidro - térreo

14h40 às 14h50 – Entrega dos certificados aos autores dos trabalhos expostos nos painéis- salão de vidro-térreo

 14h55 às 15h- Auditório (2o. Andar) Composição da Mesa Redonda 15h05 às 15h55

Tema: Discussões sobre sustentabilidade: ciência e sociedade,  projetos e soluções

 Moderador: Profa. MsC Maria Cristina Ferreira dos Santos – FFP- UERJ

Prof. Dr William Costa Rodrigues – USS “Insetos como Bioindicadores de Qualidade Ambiental”

Prof. Dr Marcelo Guerra Santos – FFP-UERJ

Prof. MsC Vitor Ferreira de Souza -Instituto Pé de Planta

Prof. Dr. Ricardo José Bottecchia - USS

 

16h às 16h20 -  interação c/ público- (respostas às perguntas previamente inscritas)

16h20 as 16h50 - Encerramento – Entrega dos certificados dos Palestrantes, Comissão Científica e Organizadora

 

17h as 17h30 – Entrega dos certificados dos ouvintes e expositores

(no hall de entrada - térreo)

 

 

OFICINAS OFERECIDAS:

 

Horário: 10h as 11h30 e 13h30 às 14h30

Local: Espaço anexo no pátio de entrada (refeitório) na segunda sala

 

1. OFICINA: PREPARO CASEIRO DE CHÁS COM PLANTAS MEDICINAIS

 

Coordenadores: Maria Cristina Ferreira dos Santos e Luiz José Soares Pinto (Professores, DCIEN/FFP/UERJ)

 

Equipe: Isabela Nogueira da Silva, Natália de Oliveira, Lívia Guarany Vieira (Estudantes do Curso de Ciências Biológicas, FFP/UERJ).

 

      A utilização de plantas medicinais é prática tradicional existente entre os povos de todo o mundo e incentivada pela OMS. No Brasil a maioria da população usa produtos de origem natural, principalmente plantas medicinais, como fonte de recurso terapêutico. A oferta de uma oficina sobre preparo e uso de plantas medicinais tem o objetivo de explicar os cuidados que devem ser considerados em relação ao plantio, secagem, armazenamento, preparo e uso de plantas medicinais pela população. Esta oficina faz parte do Projeto “Plantas Medicinais e Tóxicas no Rio de Janeiro“ desenvolvido pela FFP/UERJ e visa à difusão de conhecimentos científicos com o objetivo de conscientizar a população sobre o uso correto das plantas medicinais, a importância da determinação botânica, as formas de preparo e partes a serem utilizadas das plantas, as indicações terapêuticas e riscos de intoxicações.

 

2. BA-Be-BioMar: Macroinvertebrados Dulciaquícolas e a Educação Ambiental"

 

Prof. Dra, Vania Filippi Goulart Carvalho Pereira

Universidade Severino Sombra

CECETEN

Laboratório de Estudos Biológicos e Ambientais

Discentes : Gabriela Delgado Pereira, Mariana Marques Martins, Francyelle Rogério Francisco, Glauciane de Oliveira Souza, Samara Maccedo Pinto, Ingrid Larissa Barbosa

 

Horário : 10h as 12h

Local : Espaço anexo no pátio de entrada (refeitório) na primeira sala

 

 

CONTEÚDO:

1-       As nascentes e sua importância

2-      A importância da mata ciliar

3-      Caracterização dos rios

4-      Tipos de poluição

5-      Observação e identificação de macroinvertebrados de água doce

6-      Importância dos espécimes no ecossistema

 

PROCEDIMENTOS:

Conteúdos 1,2, 3 e 4 serão apresentados na forma de palestra (uma hora)

Conteúdos 5 e 6 serão apresentados na forma de oficina para observação e identificação dos macroinvertebrados encontrados no rio do IZMA (uma hora).

 

OBJETIVOS

Proporcionar à comunidade o conhecimento do ecossistema dulciaquícola a fim de contribuir para uma maior responsabilidade das pessoas, individual e coletivamente, para com a vida de seu município e, consequentemente, com os impactos que incidem sobre a vida aquática, utilizando espécimes desconhecidas da maioria da população.

 

Última atualização em Seg, 02 de Julho de 2012 02:26  
Banner

Área do Usuário

Usuários Online

Nós temos 11 visitantes online

Fotos do IZMA

Contador de Visitas

150217
HojeHoje37
OntemOntem79
Esta semanaEsta semana513
Este MêsEste Mês1427
TodasTodas150217
Statistik Created :2017-11-18T21:02:11-02:00
Seu IP:54Dot162Dot166Dot214
Visitantes a partir de 20.06.2012

Informações

O Instituto está com novo site. Estamos trabalhando para permitir maior comodidade e maior interatividade. Sua sugestão é importante para nós. Fale conosco...